EDUCAÇÃO

Com questões sobre desigualdade e povos indígenas, Enem encerra seu 1º dia de aplicação de provas.

Mães em período de amamentação, participantes com transtornos funcionais específicos, como dislexia, discalculia e déficit de atenção contam com tempo adicional de 60 minutos após as 19 horas. Inscritos que solicitaram recurso de videoprova em Libras poderão terminar o exame até as 21 hs
A Universidade de Fortaleza foi um dos locais que.mais recebeu
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) encerrou, às 19 horas (horário de Brasília) deste domingo, 21, a aplicação regular do primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. A prova abordou questões sobre minorias, como populações indígena e carcerária, e desigualdade de gênero. Umas das questões, por exemplo, abordou as dificuldades de mulheres cientistas no século 19 diante da exclusão que sofriam com a sociedade patriarcal.

Contudo, as pessoas que solicitaram atendimento especializado e tiveram as solicitações aprovadas poderão finalizar as provas após às 19 horas. Mães em período de amamentação contam com tempo adicional de 60 minutos. O mesmo vale para participantes com transtornos funcionais específicos, como dislexia, discalculia e déficit de atenção. Já os inscritos que solicitaram recurso de videoprova em Língua Brasileira de Sinais (Libras) poderão terminar o exame até as 21 horas.

Com quantidade de inscritos menor cerca de 34% em relação à edição 2020 e em clima de instabilidade organizacional, a edição atual contou com 3.109.762 inscritos. O Ceará concentrou 243.414 das confirmações de inscrição para o certame, segundo o Inep, órgão responsável pela realização da prova. A prova foi realizada em 1.747 municípios brasileiros, dos quais 116 estão situados no Estado.

O tema da redação, uma das principais etapas da prova, foi “Invisibilidade e Registro Civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”, surpreendendo docentes e gerando discussões nas redes sociais. Além disso, os participantes precisaram resolver 90 questões objetivas: 45 delas dos componentes linguagens, códigos e suas tecnologias, e 45 de ciências humanas e suas tecnologias. No próximo domingo, 28, 2º dia dedicado à realização do Enem, serão mais 90 questões, sendo metade de ciências da natureza e suas tecnologias e a outra metade de matemática e suas tecnologias.

Reaplicação
O participante que não compareceu ao primeiro dia do Enem 2021 por estar com sintoma de covid-19 poderá solicitar a reaplicação do exame. O procedimento deve ser realizado pela Página do Participante, na página do Inep, entre os dias 29 de novembro a 3 de dezembro. Será necessário anexar documentação que comprove a condição de saúde.

A mesma orientação serve para quem estiver com alguma das outras doenças infectocontagiosas, como tuberculose, coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola e varicela.

Quem tiver a documentação aprovada poderá participar da reaplicação, que ocorrerá nos dias 9 e 16 de janeiro de 2022, mesma data da aplicação do exame para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL) 2021 e para os participantes que tiveram nova oportunidade de inscrição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *